Pular para o conteúdo
Início » Ansiedade: o que é, quais os sintomas e como controlar

Ansiedade: o que é, quais os sintomas e como controlar

Ansiedade está presente no dia a dia de muitas pessoas. Confira quais as caraterísticas, os sintomas e como você pode amenizá-la

Ansiedade: o que é, quais os sintomas e como tratar
Foto: BlogPós – Ansiedade é a preocupação exagerada com o futuro

Como controlar a ansiedade é o que muitas pessoas desejam. Mas será que é possível?

A ansiedade está cada vez mais comum no mundo atual. Medo, duvida e expectativa são alguns dos sentimentos que geram angustias e descontrolam o estado emocional das pessoas.

Sobretudo, a ansiedade é comum em algumas situações como por exemplo, em entrevista de emprego, resultado de uma prova, apresentação ou esperar por viagem marcada.

O problema é que a ansiedade tem se tornado corriqueira. O que era causada apenas periodicamente está se tornando comum no dia a dia. Consequentemente, isso está levando ao transtorno de ansiedade generalizada (TAG).

A ansiedade é um problema de saúde mental que afeta muitas pessoas em todo o mundo. Estima-se que cerca de 264 milhões de pessoas sofrem de transtornos de ansiedade em todo o mundo.

Basicamente, o transtorno de ansiedade generalizada é caracterizado por uma preocupação excessiva ou expectativa apreensiva. Inclusive, esse transtorno pode durar cerca de seis meses ou se prolongar por alguns anos.

A duração da ansiedade pode variar de pessoa para pessoa e também depende da causa subjacente da ansiedade. Em alguns casos, pode durar apenas alguns minutos ou horas, enquanto em outros casos pode durar dias, semanas, meses ou até mesmo anos. É importante buscar ajuda profissional se a ansiedade estiver impactando significativamente a qualidade de vida.

Esse sentimento pode afetar pessoas de todas as idades, desde o nascimento até a velhice. Em geral, as mulheres são um pouco mais vulneráveis do que os homens.

Alguns estudos sugerem que essa diferença pode estar relacionada a fatores biológicos, como a influência hormonal, enquanto outros sugerem que fatores sociais e culturais, como o papel de gênero e as pressões sociais, podem desempenhar um papel significativo. No entanto, é importante lembrar que a ansiedade pode afetar qualquer pessoa, independentemente do gênero.

Enfim, a ansiedade se transforma em uma doença quando é intensa e impede de se proteger e lutar de forma eficaz. Se torna desproporcional ao estímulo, e com isso, torna-se crônica. O que causa sofrimento e sentimento de perdas.

Continue lendo a matéria, e entenda mais sobre a ansiedade.

1.Sintomas da ansiedade

Como Controlar a ansiedade?
Foto: Telavita – sintomas da ansiedade

Primeiramente, é importante ressaltar que os sintomas de ansiedade podem se manifestar a nível físico ou emocional. Inclusive, algumas situações podem surgir em adultos como uma resposta a situações estressantes.

Portanto, se esses sintomas se prolongarem por mais de seis meses é aconselhável procurar um psicólogo para que ele possa te auxiliar.

13 Principais sintomas da ansiedade

  1. Enxergar perigo em tudo;
  2. Apetite desregulado;
  3. Alterações de sono;
  4. Tensão Muscular;
  5. Medo de falar em público;
  6. Preocupações em excesso;
  7. Ficar sempre próximo de ataques de nervos;
  8. Medos irracionais;
  9. Inquietação constante;
  10. Sintomas físicos;
  11. Pensamentos obsessivos;
  12. Palpitação
  13. Problemas digestivos.

Se você está experimentando esses sintomas, é importante conversar com um profissional de saúde mental para avaliar a causa subjacente e discutir opções de tratamento adequadas.

2. Como controlar a ansiedade?

Como controlar a ansiedade?
Fonte: Vittude – Como controlar a ansiedade.

Existe algumas dicas para amenizar o sentimento de ansiedade. Como por exemplo, o excesso de preocupação com o futuro pode ser tratado com atividades comum do seu dia a dia.

2.1 Como controlar a ansiedade com Psicólogo

Quando sentir que não está conseguindo controlar o sentimento de angustia, aconselhamos que você procure um profissional que possa te auxiliar e ouvir o que está sentindo. Portanto, consulte um psicólogo ou psiquiatra para que ele possa te ajudar.

Vale destacar, que não recomendamos que você se automedique, sem o consentimento e sem a autorização de um profissional.

Existem várias técnicas psicológicas que podem ajudar a amenizar a ansiedade, incluindo:

  • Técnicas de respiração: técnicas de respiração profunda e consciente podem ajudar a reduzir a frequência cardíaca e a tensão muscular, aliviando os sintomas de ansiedade.
  • Mindfulness e meditação: práticas de mindfulness e meditação podem ajudar a acalmar a mente e reduzir a ansiedade.
  • Terapia cognitivo-comportamental (TCC): a TCC é uma abordagem terapêutica que ajuda a identificar e mudar padrões de pensamento e comportamento que podem estar contribuindo para a ansiedade.
  • Exercício físico: a prática regular de exercício físico pode ajudar a reduzir os níveis de ansiedade e melhorar o humor.
  • Relaxamento muscular progressivo: essa técnica envolve tensão e relaxamento muscular progressivo, ajudando a reduzir a tensão muscular associada à ansiedade.

Lembrando que cada pessoa é única e o que funciona para uma pessoa pode não funcionar para outra. É importante conversar com um profissional de saúde mental para encontrar as melhores estratégias para lidar com a ansiedade.

2.2 Como controlar a ansiedade com Atividade física

Atividade física para controlar a ansiedade
Foto: Santa monica – Atividade física para controlar a ansiedade

Primeiramente, reserve um tempo para uma caminhada, corrida ou qualquer atividade física que te proporcione prazer. Atividade física realizada de forma regular ajuda a fortalecer o sistema imunológico, prevenir doenças cardiovasculares e obesidade.

Além do mais, ela aumenta o bem-estar, a disposição para atividades do dia a dia e a produtividade no trabalho. Também diminui a insônia e melhora a saúde mental, prevenindo a depressão.

Um estudo publicado em 2018 na revista científica JAMA Psychiatry mostrou que a atividade física regular pode ser tão eficaz quanto a terapia cognitivo-comportamental (TCC) no tratamento da ansiedade. Outros estudos também sugerem que a atividade física pode ser uma estratégia eficaz para reduzir a ansiedade em pessoas que sofrem de transtornos de ansiedade, como o transtorno de ansiedade generalizada e o transtorno do pânico.

Alguns mecanismos propostos para explicar como o exercício físico pode ajudar a reduzir a ansiedade incluem a liberação de endorfinas e serotonina, que são neurotransmissores que podem melhorar o humor e a sensação de bem-estar, bem como a redução dos níveis de cortisol, um hormônio do estresse.

2.3 Como controlar a ansiedade com Meditação

Medição auxilia na ansiedade
Foto: magscan – medição auxilia na ansiedade

Sobretudo, a meditação praticada diariamente ativa a região do cortex pré-frontal esquerdo, que é responsável pelo sentimento de felicidade. Portanto, tire cinco minutos do seu tempo e respire fundo, observando sua respiração. Isso te ajuda a ter calma e aliviar a angustia.

A meditação é uma prática que envolve o treinamento da mente para focar no momento presente, aumentar a consciência e aceitação dos pensamentos e emoções sem julgamento.

Um estudo publicado em 2014 na revista científica JAMA Internal Medicine mostrou que a meditação mindfulness pode ajudar a reduzir os sintomas de ansiedade em pessoas com transtornos de ansiedade. Outros estudos também sugerem que a meditação pode ajudar a reduzir a ansiedade em geral, aumentando a capacidade de lidar com o estresse e melhorando a capacidade de regulação emocional.

Alguns mecanismos propostos para explicar como a meditação pode ajudar a reduzir a ansiedade incluem a redução da atividade do sistema nervoso simpático, que é responsável pela resposta de “luta ou fuga”, e o aumento da atividade do sistema nervoso parassimpático, que é responsável pela resposta de “descanso e digestão”. Além disso, a meditação pode ajudar a mudar a maneira como as pessoas percebem e respondem aos pensamentos e emoções, aumentando a resiliência emocional e a capacidade de lidar com situações estressantes.

2.4 Como controlar a ansiedade Ouvindo música

Cante, dance, grite, mas se anime. De modo geral, a música é um elemento terapêutico e é algo medicinal e sem contraindicações. Então, se permita extravasar e colocar a sua playlist favorita.

3. Produtos naturais para tratar a ansiedade

Produtos naturais para tratar a ansiedade
Fonte: Drogaria Minas Brasil – Produtos naturais para tratar a ansiedade

Alguns exemplos de produtos naturais que podem ser usados para ansiedade são:

  • Camomila: tem ação calmante do sistema digestivo e nervoso, criando uma sensação de harmonia, que ajuda a acalmar em estados de agitação e nervosismo;
  • Tília: possui propriedades calmantes, auxiliando no tratamento de distúrbios do sistema nervoso como estresse excessivo, ansiedade.
  • Alface: ajuda a relaxar os músculos e o sistema nervoso. 

Além disso, técnicas como tomar banhos mornos ou receber massagens no corpo ajudam a relaxar e aliviar a tensão, auxiliando no tratamento. 

Enfim, gostou da matéria do dia? Ainda tem alguma dúvida sobre a ansiedade?

Leia também sobre: Libido: O que é? Por que as mulheres sofrem com a baixa dele?

Fontes: Drauzio Varella, Vittude, Viva Bem, Tua saúde

Luara Ariel em blogbeyou
Meu nome é Luara Ariel, tenho 24 anos, nasci em Goiânia. Sou uma taurina nata e adoro tudo que envolva comida kkkkk. Sou formada em Jornalismo e já trabalhei como repórter e também na redação on-line. Já participei da cobertura de alguns eventos como as eleiçõese copa do mundo. Atualmente sou corretora de imóveis. Amo tudo que envolva esporte, música e politica.