Pular para o conteúdo
Início » O que é endometriose e quais são os sintomas e tratamentos?

O que é endometriose e quais são os sintomas e tratamentos?

O que é endometriose que estão falando tanto na mídia. O que ela pode causar em seu organismo

A endometriose está recorrente entre as mulheres. Confira o que é, qual a causa, o tratamento e quais artistas foram diagnosticadas

Endometriose: o que é, quais sintomas e qual tratamento?
Foto: Oswaldo Cruz – Doenças que atinge as mulheres – Endometriose: o que é, quais sintomas e qual tratamento?

O que é a endometriose?

A endometriose é uma doença crónica que consiste na presença do tecido endometrial fora do útero.

Habitualmente, o tecido endometrial reveste a cavidade uterina crescendo no início do ciclo menstrual. Assim, transforma-se após a ovulação para permitir a implantação de um possível embrião e descama durante a menstruação para voltar a crescer no ciclo seguinte.

Porém, esse tecido pode crescer fora do útero e atingir outros órgãos como por exemplo, o ovário, bexiga, intestino e em casos raros pode chegar ao pulmão e ao cérebro. Um dos principais incômodos são as dores intensas durante o período menstrual e após a relação sexual.

Os casos de endometriose tem se tornado cada vez mais frequente entre as mulheres.

Vamos conferir agora as causas, os sintomas, o tratamento e algumas curiosidades sobre essa doença:

1.Quais as Causas da endometriose

Quais as Causas da endometriose
Fonte: Mater Prime – Quais as Causas da endometriose

As causas exatas da endometriose ainda não são definidas, mas os estudos levantaram a alguns possíveis motivos para o problema. São eles:

  • Menstruação retrógada;
  • Crescimento de células embrionárias;
  • Problemas no sistema imunológico.

1.1 Menstruação retrógada

Menstruação retrógada pode causar endometriose.
Fonte: ISM – O que é Menstruação retrógada?

Esse caso acontece quando se tem uma menstruação “ao contrário”. As células do endométrio sofre um refluxo e com isso essas células que estão perdidas instalam-se nas paredes dos órgãos na região pélvica. Isso pode ocorrer em muitas mulheres durante o período menstrual.

1.2 Crescimento de células embrionárias

Endometriose: o que é, quais sintomas e qual tratamento?
Fonte: ArtFértil – Endometriose: o que é, quais sintomas e qual tratamento?

As células que revestem o abdômen e as cavidades pélvicas são originárias de células embrionárias comuns. No processo de diferenciação tecidual, sob determinados estímulos ainda desconhecidos, algumas células que revestem essas cavidades podem se converter em tecido endometrial, iniciando a doença.

1.3 Problemas no sistema imunológico

Algum problemas no sistema imunológico pode causar a endometriose
Fonte: Ayroza Ribeiro – Sistema imunológico e endometriose

Insuficiência no sistema imunológico também pode facilitar o surgimento da doença. Isso torna o corpo incapaz de reconhecer e destruir as células endometriais que crescem no lugar errado.

2. Quais são os sintomas comuns da endometriose

Quais são os sintomas comuns da endometriose
Foto: Área da mulher – Dores após relação sexual pode ser endometriose

A princípio, as mulheres costumam procurar o ginecologista após sentir dores intensas durante o período menstrual. Contudo, existem outros sintomas que também podem entrar no diagnóstico da doença. Como por exemplo, após a relação sexual também pode existir um incômodo e dores abdominais fortes.

Mas cada caso é um caso! Tem mulheres que não sentem dores e só descobrem a doença após oito anos.

Por isso, vamos destacar outros sintomas da endometriose que também podem influenciar o seu corpo. Confira:

  • Cólicas menstruais intensas e dor durante a menstruação;
  • Dor pré-menstrual;
  • Dor durante as relações sexuais;
  • Dor difusa ou crônica na região pélvica;
  • Fadiga crônica e exaustão;
  • Sangramento menstrual intenso ou irregular;
  • Alterações intestinais ou urinárias durante a menstruação;
  • Dificuldade para engravidar e infertilidade.

3. Endometriose associada a Infertilidade

A endometriose ocorre no período de fertilidade da mulher (dos 18 anos ao 45 anos). Mas essa doença está associada ao aumento da infertilidade.

Isso não quer dizer que não se possa engravidar, mas cerca de aproximadamente 50% do casos de infertilidade feminina podem ter a endometriose como uma das principais causas.

Isso ocorre por conta de alguns fatores que esse tecido pode atingir fora do útero. Como por exemplo:

  • Disfunção ovárica;
  • Disfunção tubar;
  • Inativação do esperma;
  • Disfunção sexual.

No caso de estar grávida e ter endometriose, a mulher não terá problemas durante a gravidez. Algumas dores podem ser sentidas por causa das transformações que o útero e os restantes órgãos abdominais estão sujeitos.

4. Como tratar a endometriose

Como tratar a endometriose
Fonte: Eufemea – Como tratar a endometriose

São diversos os tratamentos para controle da endometriose. Os tratamentos mais eficazes controlam ou limitam a presença desses hormônios no corpo, controlando a doença.

Existem vários remédios farmacêuticos que ajudam no controle da doença. Como por exemplo:

  • Analgésicos: O tratamento mais simples consiste em anti-inflamatórios não esteroides (AINES), alguns dos quais de venda livre, que poderão controlar a dor pélvica;
  • Anticonceptivos orais: Um anticoncepcional oral (pílula), eventualmente de forma contínua (sem intervalo para hemorragia), pode controlar o ciclo menstrual e diminuir substancialmente a dor, por estabilizar também o tecido envolvido na doença

4.1 Tratamento cirúrgico para a endometriose

Nesse procedimento, a endometriose é removida por meio de uma cirurgia chamada laparoscopia. Em alguns casos, é possível eliminar apenas os focos da doença ou as complicações que ela traz – como cistos, por exemplo. No entanto, em situações mais sérias, o procedimento precisará até remover os órgãos pélvicos afetados pela enfermidade.

Dependendo das condições da doença, é possível recorrer a tratamento por laparoscopia, com laser.

Também é possível a realização da videolaparoscopia, que diagnosticará o número de lesões, aderências, a obstrução tubária permitirá tratar a doença.

5. Famosas com endometriose

Famosas com endometriose
Fonte: Yahoo – Famosas com endometriose

A cantora Anitta no inicio do mês de julho divulgou que foi diagnosticada com a doença.

Ela relatou que sentia dores após a relação sexual e dores intensas no período menstrual. Após exames ela descobriu que está com endometriose.

Vale destacar que ela já havia procurado médicos, mas o diagnóstico só saiu após nove anos, desde os primeiros sinais.

Outras artistas também foram diagnosticadas com endometriose.

Podemos citar o caso da Larissa Manoela, Isabelle Santorini, Tatá Weneck, Patricia Poeta, Lena Dunham e Giovanna Ewbank.

No caso da humorista Tatá Werneck, ela já estava preparando para operação quando descobriu a gravidez em 2019. Então, passou pelo processo de gravidez tendo a doença.

Enfim, gostou da matéria do dia? Ainda tem alguma dúvida?

Vem conferir mais uma matéria do Blog: Candidíase: o que é, como identificar e como tratar

Fontes: Glamour, Saúde Bem Estar, Minha vida , Gineco

Luara Ariel em blogbeyou
Meu nome é Luara Ariel, tenho 24 anos, nasci em Goiânia. Sou uma taurina nata e adoro tudo que envolva comida kkkkk. Sou formada em Jornalismo e já trabalhei como repórter e também na redação on-line. Já participei da cobertura de alguns eventos como as eleiçõese copa do mundo. Atualmente sou corretora de imóveis. Amo tudo que envolva esporte, música e politica.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.