Pular para o conteúdo
Início » Vulva: Existe diferença entre vulva e vagina?

Vulva: Existe diferença entre vulva e vagina?

A vulva muitas vezes é confundia com a vagina. Mas existe uma diferença entre elas.

Venha conferir e saber mais sobre as partes e prenda a diferença de Vulva e Vagina

Aprenda a diferença de Vulva e Vagina
Foto: Tarja rosa – Aprenda a diferença de Vulva e Vagina

Muitas mulheres não conhecem seu corpo e principalmente a região intima. A vulva na maioria das vezes é confundida com a vagina, porém são partes do corpo diferentes. Na anatomia feminina, este é o conjunto que forma a parte externa do órgão sexual.

As partes que compõem a vulva são: clitóris, grandes e pequenos lábios, uretra, abertura vaginal e períneo. Vamos conhecer cada um deles e como cuidar da higiene da vulva?

1. O que é a Vulva?

A vulva é toda a região externa e visível do genital feminino, considerada grande fonte de prazer para as mulheres. A parte externa deste órgão é formado pelo púbis ou monte de vênus, grandes e pequenos lábios, vestíbulo vulvar, clitóris, meato uretral, períneo e ânus.

2. Partes da vulva

Diferença de Vulva e Vagina
Foto: Tratamento lazer – Partes da vulva
  • Monte de Vênus: É a parte constituída por tecido adiposo (gordura) e recoberta de pelos que começam a surgir na adolescência. Além do mais, o púbis tem como função proteger o osso pubiano de impactos, como por exemplo, na relação sexual.
  • Grandes lábios: Os grandes lábios protegem a abertura da vagina e uretra da entrada de fungos e bactérias. São dobras formadas por tecido adiposo e conjuntivo, coberto por pele e pêlos que vão do púbis até o períneo.
  • Pequenos lábios: Essa região é bastante sensível e aumenta de volume quando a mulher está excitada. Portanto, existem diferentes tipos de pequenos lábios que podem ser assimétricos, de tamanhos distintos e abertos.
  • Vestíbulo vulvar: É a parte interna dos pequenos lábios, sendo delimitada pela parte superior do vestíbulo formado pelo clitóris e a base.
  • Clitóris: O clitóris possui diversas terminações nervosas, por esse motivo tem importante função no prazer sexual da mulher. Ele é formado por tecido erétil e se localiza na parte superior da vulva, entre os pequenos lábios e próxima à uretra.
  • Meato uretral: Segundo a especialista, o meato uretral é o canal em que sai a urina. A uretra feminina mede cerca de 5 cm de comprimento e 8 mm de diâmetro, e fica localizada entre o clitóris e a vagina.
  • Períneo: Já o períneo feminino é uma porção de pele entre a parte inferior da vulva e o ânus. Além disso, a musculatura do períneo é responsável pela sustentação dos órgãos pélvicos e tem importante função no parto. Quando fortalecida, essa região colabora para um parto normal e menos doloroso.
  • Ânus: Se localiza logo após o canal anal, sendo responsável por excretar os gases e materiais fecais.

3. Vulva X Vagina – diferença entre elas

É comum confundir a vulva com a vagina, mas existe uma diferença entre elas. A vulva é a região externa da nossa genitália, a parte visível, e a vagina é o canal interno, que se comunica com a entrada do útero.

É importante ressaltar que é pela vagina que escorre o sangue durante a menstruação ou por onde saem secreções, mas nunca urina.

4. Cuidados com a vulva

Cuidados com a vulva
Foto: Ayroza Ribeiro – Higienização da vulva

4.1 Higienização

Nosso corpo possui um mecanismo fisiológico auto regulatório para equilibrar o seu pH e manter as condições adequadas que evitam a proliferação de fungos e bactérias. Não existe nenhuma necessidade de usar sabonete íntimo rotineiramente. Inclusive, isso mexe com o equilíbrio natural do seu corpo porque são sabonetes repletos em química.

Sobretudo, a vulva deve ser higienizada apenas com água ou com sabonete neutro de pH ácido. Lembrando sempre que se deve higienizar apenas a região externa, nunca introduza sabonete na vagina.

4.2 Deixe respirar

Sempre que puder, evite deixar a região da sua vulva abafada por roupas muito grossas e apertadas. Prefira usar roupas confortáveis e até durma sem calcinha para deixar a região arejada e assim evitar o acúmulo de suor e secreções que podem favorecer a proliferação de fungos e bactérias.

4.3 Sem absorventes diários

A vulva naturalmente secreta fluidos e é muito comum que mulheres façam uso de absorventes diários de forma ininterrupta para manter a “higiene” da região. Mas o fato é que os absorventes abafam a vulva e fazem aumentar o risco de infecções, portanto é altamente contraindicado fazer uso contínuo deles.

Gostou das dicas ? Deixe nos comentários se tem alguma duvida

Leia também sobre: Libido: O que é? Por que as mulheres sofrem com a baixa dele?

Fontes: G1, Dicas de mulher e Prazer ela

Luara Ariel em blogbeyou
Meu nome é Luara Ariel, tenho 24 anos, nasci em Goiânia. Sou uma taurina nata e adoro tudo que envolva comida kkkkk. Sou formada em Jornalismo e já trabalhei como repórter e também na redação on-line. Já participei da cobertura de alguns eventos como as eleiçõese copa do mundo. Atualmente sou corretora de imóveis. Amo tudo que envolva esporte, música e politica.